Neuras e Manias

O tema desta semana são neuras e manias. Eu posso falar de manias que tinha na Irlanda, porque é possível que lá eu tenha tido manias que aqui não tenho por conta de n motivos, já neuras é um pouco diferente: neura é neura e você tem em todo lugar, o que pode mudar é a intensidade. Mas vamos lá.

Semana 28 – Minhas neuras e manias

1- Acordar muito tarde aos domingos e fazer um “lundinner

Via de regra, eu não saía da cama antes das 13h aos domingos. Ou porque eu tinha saído na noite anterior ou porque havia ficado até tarde vendo filmes ou just because. Confesso que às vezes me arrependia porque é muito difícil aproveitar bem um domingo acordando tão tarde, mas para mim dormir é umas das melhores coisas da vida… haha! E acordando tarde assim e tomando café (porque eu nunca pulo o café-da-manhã), acabava fazendo um almoço-janta por volta das 17h e terminava o dia com um lanchinho. No frio era gostoso, no verão batia a vontade de dar uma volta a tarde.

2- Dar de cara com aranhas

Era uma neura que aqui eu não tenho por motivos de: no Brasil não temos tantas aranhas e tão gigantes como as irlandesas. Sempre tinha aquele medinho de ter uma aranha embaixo do edredom ou de ter uma passeando perto de mim enquanto eu dormia. Quando eu morava nos EUA, meu quarto era no porão, que apesar de ser super arrumadinho e limpo, tinha muitas aranhas que vinham de um storage room (eu tenho certeza absoluta que havia um ninho em algum lugar daquele quartinho). O carpete era claro e quantas e quantas vezes eu quase enfartei ao estar sentada na cama de boa e ver um ser razoavelmente grande preto de 8 patas (ou seriam pernas?) passando por debaixo da porta quarto adentro? Quantas aranhas não matei afogadas ao me surpreenderem durante o banho na cortina? Mas o terror mesmo foi no dia que eu acordei e havia uma teia de aranha entre o teto e a luminária que ficava no criado-mudo. Ah, a teia não estava lá quando fui dormir. É uma neura que aflora de acordo com as condições aracnídeas do lugar.

3- Separar os brasileiros dos europeus

Eu andava na rua observando as pessoas e tentando adivinhar, só de olhar, quem era brasileiro ou europeu. Brasileiros se vestem sim de forma muito diferente dos europeus, cortam o cabelo diferente, brasileiras têm cabelos e maquiagem diferente, sim, e acho que por mais que a pessoa tenha se “misturado” com a cultura local, vai acabar tendo algum sinal que denuncia, nem que seja uma característica física. Eu acertava na maioria das vezes que conseguia checar, tipo, ouvindo a pessoa falando português.

4- Hidratantes

Em Dublin venta muito e a longo prazo, é evidente o efeito de todo esse vento na nossa cara e cabelo. Até lembro uma vez que me meti a besta e fui na Debenhams testar cremes. A moça da Clinique fez um teste de pele comigo e disse que minha pele era muito boa, muito diferente da das irlandesas que sempre têm problema com ressecamento por conta do vento. E assim criei a mania de sempre passar hidratante no rosto de manhã e à noite, porque tomava banho quente e isso também resseca a pele. Um hábito bom adquirido por lá que mantenho aqui.

5- Me preocupar menos com minha aparência

Sério, em Dublin você pode sair na rua com metade do cabelo rosa e outra metade azul, calça de palhaço e camisa de turista cheia de flores que ninguém vai ficar te olhando. Brasileiras são infinitamente mais preocupadas com aparência, falando de modo geral, claro. Eu confesso que já fui ao mercado de pijamas algumas vezes e ninguém me olhou. Eu não usava maquiagem para ir cuidar das crianças (e olha que tenho um tremendo complexo por causa das minhas olheiras) e não me preocupava com isso. Bem, aqui no Brasil eu não consigo nem ir ao mercado sem passar um corretivo para dar uma disfarçada nos meus olhos de panda. Na verdade, a neura é daqui e lá eu consegui deixar pra lá. Pois é.

Anúncios

Um comentário sobre “Neuras e Manias

  1. Achei esse tema muito legal!
    Eu também tenho pavor de dar de cara com aranhas, e ultimamente tem sido praticamente todo dia, que ódio!
    Sobre adivinhar quem é europeu e quem é brasileiro, também adoro! hahahaha
    Não consigo evitar!

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s