Casa comigo?

Não sou fã de comédias românticas com aquelas histórias água com açúcar inverossímeis. A mocinha e o mocinho se conhecem, magicamente se apaixonam e a vida é linda, Brasil. Mas vamos deixar minha rabugentice de lado neste post.

O filme Leap year, ou Casa comigo? no Brasil, fala de uma tradição irlandesa que diz que o único dia do ano em que uma mulher pode pedir o namorado em casamento é em 29 de fevereiro (daí o nome do filme em inglês ser Leap year – ano bissexto) e o moço é obrigado a aceitar. Segundo minhas pesquisas, esta tradição, de fato, existe e surgiu das lendas de St. Patrick, que teria sido o tal que autorizou o procedimento lá pelo século 5.

Casa comigo?
Filminho água-com-açúcar

O filme foi rodado na Irlanda e mostra belas paisagens do interior do país, com lagos, castelos, rochas e verde, muito verde. Há algumas cenas filmadas em Dublin também.

Eu assisti o filme sem legendas e confesso que em algumas partes foi difícil entender o sotaque irlandês, especialmente quando falavam rápido. Porém, Matthew Goode, o irlandês casca grossa do filme, é, na verdade, britânico e me perguntei se o irish accent dele era fiel. Neste site aqui, li que ele afirmou ter sido bem difícil imitar o sotaque, que, para deixar bem claro, não é o sotaque de Dublin, mas o do oeste da Irlanda e, ao que tudo indica, é bem mais forte que o da capital.

De qualquer forma, para quem já fala inglês, é interessante comparar o sotaque de Anna, a americana, com os outros personagens irlandeses.

Além disso, consegui pegar algumas gírias dos duendes de ouvido, como “bob” e “gas”, por exemplo. A primeira significa ‘dinheiro’ e a segunda, ‘engraçado’. Então, quando você estiver em solo irlandês e alguém te pedir ‘bob’ ou disser que tal coisa é ‘gas’, você já sabe o que eles estão querendo dizer.

Outro ponto interessante é a chuva que sempre aparece no filme, confirmando os boatos que já li por aí sobre esta estranha atração que ela sente pelos leprechauns.

A trilha sonora acompanha o estilo water and sugar da produção, mas nenhuma das banda é irlandesa.

Casa comigo? é um bom filme para relaxar, esquecer da vida e achar que tudo é muito simples, além de conhecer lindas paisagens irlandesas e treinar o ouvido para o irish way of speaking. Também serve para dar algumas risadas (eu ri, pelo menos).

Estoure uma pipoquinha e curta mais um filme ambientado na Ilha Esmeralda!

PS: Confira o trailer mais spoiler que já vi!

Anúncios

6 comentários sobre “Casa comigo?

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s