A Liverpool dos Beatles

Liverpool é uma cidadezinha de menos de 450 mil habitantes que recebe 600 mil turistas todo ano querendo conhecer a atmosfera do lugar que inspirou os Beatles.

Partimos do Albert Dock (onde ficam os museus) e fomos para Penny Lane – uma viagem de ônibus de uns 15 minutos. O engraçado é que mesmo a cidade atraindo turistas principalmente por causa dos Beatles, não há placas ou nada do tipo para nos guiar até os pontos turísticos relacionados à banda. A rua passa bem despercebida, já que não tem nada de diferente das outras ou alguma sinalização. Ou quase nada, porque no começo da rua há uma barbearia com um slogan sensacional:

"Above us only hair" - Sensacional!
“Above us only hair” – Sensacional!

Mas fora isso, é uma rua como outra qualquer. Mas claro, não poderia faltar fotos com as placas.

Preste atenção nas palavras escritas de branquinho ali do lado
Prestem atenção nas palavras escritas de branquinho ali do lado

De lá fomos para a casa onde John Lennon viveu quando era criança. A casa é aberta para visitação, mas apenas fazendo reserva com antecedência e pagando um dos tours dos Beatles para ter direito de conhecê-la. De qualquer forma, é interessante ver o lugar e pensar “Wow, estou em frente à casa do John”. Ah, eu acho!

Casa do John
Casa do John

Bem perto da casa fica Strawberry Fields. Bem, esta parte decepciona um pouco porque o parque é fechado e tudo que há para se ver são os portões.

Let me take you down, 'cause I'm going to...
Let me take you down, ‘cause I’m going to…

Sei que Strawberry Fields é um lugar importante para John e a banda, mas achei um tanto broxante o local, ainda mais pela placa que está perto do portão:

Se quiser um portão como este, é só ligar!
Se quiser um portão como este, é só ligar!

Já era fim de tarde, voltamos para o centro de Liverpool e fomos atrás de onde tudo começou: The Cavern Club, onde os Beatles se apresentaram 292 vezes nos anos 60. Infelizmente, por causa do horário, não tínhamos tempo para entrar, então apenas passamos em frente e batemos algumas fotos.

Cavern Club
Cavern Club

Também tem esta com o John blasé.

Blasé
Blasé

De lá, fomos pegar o ônibus de volta para o aeroporto. Estava tudo indo muito bem até nos lembrarmos de um detalhe: o ônibus que pegamos para ir para o centro era expresso e o ônibus que pegamos para voltar ao aeroporto, não. Conclusão: levamos 1h até o aeroporto e quando chegamos tivemos que, literalmente, correr para fazer o check-in, passar pela segurança e achar nosso portão de embarque. A sorte é que este era o último voo do dia e o aeroporto já estava completamente vazio. Chegamos exatamente quando o embarque começou, suando até pela sola do pé! Ufa!

E para quem gosta de Beatles, vale a pena assistir Across the Universe e Nowhere Boy. O primeiro é um musical (se você não curte musicais, ignore a dica) que não fala da banda em si, mas tem diversas músicas interpretadas pelos atores. Já o segundo filme conta a infância e adolescência de John Lennon.

Considerações finais

Quando vamos viajar, geralmente perguntamos para quem já foi para o tal destino o que ver, o que fazer, como foi e pedimos algumas dicas. Todos que já haviam ido a Liverpool falavam que “Ah, a cidade não tem nada, um dia dá!“. Discordo! Deveria ter passado um final de semana lá, com certeza! Achei que o passeio foi corrido e poderíamos ter aproveitado com mais calma e visto mais coisas se ficássemos dois dias lá, além de poder ter entrado e conhecido o The Cavern Club. Minha dica, então, é: continue pedindo dicas antes de viajar, sim, mas filtre tudo e faça sua própria pesquisa! Tem gente que não curte museu, por exemplo, e eu passei umas 4h dentro de museus em Liverpool… Numa viagem de um dia, 4h é alguma coisa, não?

but I'm not the only one!
but I’m not the only one!

 

Anúncios

5 comentários sobre “A Liverpool dos Beatles

  1. Suas considerações finais são muito, muito válidas.

    Aprendi duas coisas aqui na Irlanda: só viajar com gente que gosta das mesmas coisas que eu (pelo menos para viagens longas) e não aceitar conselho de gente que não tem os mesmos interesses quando o assunto é viagem.

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s