FAQ – Mestrado

Amigos e conhecidos sempre me fazem muitas perguntas sobre o mestrado e acredito que os leitores do blog talvez se perguntem algumas coisas também. Muitas das respostas deste post estão aí espalhadas pelo blog, mas como também recebo emails com dúvidas, achei que seria interessante juntar tudo em uma postagem só.

1. Você foi para a Finlândia pela USP?
Não. Eu me formei na USP (Letras Português/Inglês – Bacharelado e Licenciatura), mas quando finalmente terminei a Licenciatura (em 2014), perdi todo vínculo que tinha com a universidade. A USP não intermediou o processo e muito menos foi a USP que “me mandou” para a Finlândia. Eu fiz tudo por conta própria.

2. Você está na Finlândia pelo Ciência sem Fronteiras?
Apesar de eu já ter ficado sabendo de um caso ou outro de pessoas que foram para o exterior e que são da área de Humanas, o programa não costuma contemplar quem é desta área. Não estou muito informada de como o programa funcionava em detalhes, mas sei que geralmente alunos de graduação que tinham o direito de participar. Eu me inscrevi no mestrado integral no exterior, acho que o programa não contemplava isso. Ou seja, mais uma vez, fiz tudo por conta própria.

3. Você está estudando fora com bolsa, né?
Não, eu estudo fora com minha economias. Eu não tinha nenhum vínculo com nenhuma universidade brasileira e, quando pesquisei, vi que não havia nenhum programa para bolsas de mestrado no exterior. Geralmente tem bolsa quem faz doutorado integral ou sanduíche ou participa de programas de bolsa. Não foi meu caso. Novamente, fiz tudo por conta e dinheiro próprios.

4. Você fala finlandês?
Não! Eu cheguei a fazer curso de finlandês, mas acabei desistindo. É uma língua muito complicadinha, soa feia aos ouvidos (pelo menos, aos meus), é falada apenas na Finlândia e não tinha nenhuma utilidade prática na minha vida. Eu estava muito ocupada com o mestrado e outros projetos e resolvi desistir de aprender o idioma. Eu apenas consideraria aprender se eu resolvesse morar no país depois de me formar – e este não é o caso. Só sei o básico do básico e consigo ler receitas e embalagens de alimento com certa facilidade.

5. Mas então todo mundo fala inglês?
O nível de fluência em inglês dos finlandeses, em geral, é muito bom, embora eles sejam muito tímidos e vão se negar a admitir isso. Eu nunca fui para o interiorzão da Finlândia, mas em Helsinki e em Oulu, consigo me virar tranquilamente falando apenas inglês. Em todo lugar que eu vou, sempre vai ter alguém que se comunique bem no idioma e vai poder me atender ou me ajudar.

6. E o frio?
Faz muito frio no inverno mesmo, sendo difícil ter temperatura acima de 0 entre dezembro e março. Mas tudo é muito preparado para ele e você não sentirá frio se estiver dentro de casa e se sair bem agasalhado. Em Oulu o tempo é seco e quase não venta, então a sensação térmica fica ali com o número que aparece no termômetro. Além disso, ninguém fica na rua mais que o necessário quando a temperatura baixa para os -20 graus. O frio não é nada comparado a escuridão, essa sim assusta.

7. O que você vai fazer quando terminar o mestrado?
Não me levem à mal, mas eu detesto quando me perguntam isso. Já estou morando fora fazendo um mestrado, não estou? Isso já mostra que eu me planejei bem antes de ir e tenho a “vida planejada” pelos 2 anos que ele vai durar. O que vou fazer depois, fica pra depois, certo? Como diria a Mafalda, a vida não é um fluxograma que eu preciso seguir etapa por etapa numa determinada ordem. Não decidi ainda o que quero fazer em seguida. Obrigada.

tirinha-mafalda-vida-fluxograma

8. E vai fazer doutorado quando terminar?
Eu nem escrevi minha tese e já estou em pânico, acham mesmo que estou pensando em fazer doutorado tão cedo? Não sei nem se quero continuar na vida acadêmica.

9. Por que você escolheu a Finlândia?
Eu não escolhi a Finlândia. Eu achei um curso de mestrado que parecia estar dentro do meu perfil e que, por ser gratuito, era um objetivo possível para mim. Se achasse algo nas mesmas condições na Hungria (ou qualquer outro país), eu estaria lá.

10. Você está gostando do mestrado?
Leia este post, este e este.

Estas são as 10 perguntas que mais são feitas para mim em relação ao mestrado. Se faltou alguma que você está curioso para saber, pode deixar nos comentários.

Anúncios

2 comentários sobre “FAQ – Mestrado

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s