Ahhh o inverno!

Há não muito tempo fiz um post apenas com fotos da gracinha de outono finlandês. Apesar de os dois últimos posts denigrirem não motivarem ninguém a vir conhecer Oulu no inverno, é inegável que a cidade fica linda, especialmente logo depois da neve cair e tudo ficar branquinho. Embora talvez seja um pouco cedo para postar fotos – o inverno, oficialmente, começou há menos de um mês -, Oulu já mostrou sua graça e já tenho uma coleção de fotos bacanas (que seriam  melhores se eu soubesse fotografar direito). E, se necessário, escrevo o post II com mais fotos futuramente. 😉

A primeira neve de verdade, que caiu, ficou e deixou tudo branco, aconteceu no fim de novembro. Eu estava no centro da cidade e a paisagem estava linda.

Uma foto poética
Uma foto poética

A neve deixa tudo mais bonito, mas quando ela pinta os pinheiros de branco também, ah, aí é mais do que lindo!

pinheiro branco
O caminho de pinheiros que leva a universidade

E os galhos, então? Secos, mas cobertos de neve?

20151211_121021
Esta foi uma tentativa de focar o primeiro plano, mas não deu certo.

A primeira vez que vi o lago congelado. A paisagem quase toda alva.

As árvores encontrando o lago congelado
As árvores encontrando o lago congelado

E talvez seja uma boa ideia guardar a bicicleta em um abrigo. 😉

Vamos pedalar?
Vamos pedalar?

Neve nos cantos, um belo caminho e um sol espetacular. Se esquentasse, então, seria sensacional! haha…

Aurinko (sol em finlandês)
Aurinko (sol em finlandês)

Anjinho na neve, quem nunca?

Anjinho no lago congelado
Anjinho no lago congelado

E o lago congelado encontra o rio gelado.

Bucólico?
Bucólico?

E pedalar na neve?

Sem capacete: vida loka!
Sem capacete: vida loka!

E a calmaria de um lago congelado com um por-do-sol?

Perdi o fôlego!
Perdi o fôlego!

E escrever na neve acumulada no lago congelado? Pode.

Gosto tanto dessa palavra que...
Gosto tanto desta palavra que…

Patinar no gelo? Oulu ganha dezenas de rinks ao ar livre.

Como se eu soubesse...
Como se eu soubesse…

E se não está fácil pra uma estátua, imagine pra quem é de carne, osso e sente frio?

No centro da cidade
No centro da cidade

Oulu, uma cidade gracinha.

Galhos, neve, prédio
Galhos, neve, prédio

As cores do céu encantam tanto quando o branco do chão.

Colorido
Colorido

Por aqui, até o mar congela. Oulu é banhada pelo Mar Báltico.

frozen sea
Frozen

Poxa, inverno, não precisa apelar!

-25!
-25!

E até o momento, no dia mais frio tivemos -28 graus! Até então, meu record tinha sido -27 quando morava no Colorado, nos EUA. Obrigada, Oulu, por ter batido o record sqn. 🙂

Publicidade

Coisas que me incomodam

Tenho achado esse desafio meio besta às vezes, tipo hoje. Coisas que incomodam no mundo contemporâneo… pois bem, vou relacionar isso a viagens, ok?!

Semana 23 – Coisas que me incomodam no mundo contemporâneo (viagens)

1- Quero ibagens

É óbvio que quando eu viajo eu quero muitas fotos e eu quero fotos minhas nos lugares e atrações, mas esse não é meu objetivo de viagem e me irrita gente que quer tirar foto em frente, mas não quer entrar; gente que você vê a foto e pergunta “Que legal, onde/ o que é  isso?” e a pessoa faz cara de interrogação; gente que fica 15 minutos tirando foto em frente, mas não para 5 para saber algo sobre o lugar que está visitando. Menos foto, mais turismo de verdade.

2- Fotos no Facebook

Facebook é aquela rede social que a gente usa para fazer com que as pessoas pensem que somos super felizes e aproveitamos a vida adoidado – é tipo uma edição da vida. A pessoa passa um dia em Paris, mas posta AQUELA foto em frente a torre Eiffel! Você olha, sente uma invejinha (branca ou não) e mal sabe que posar para foto em frente a famosa torre foi tudo que a pessoa fez. Ou que ela comeu dogão de rua e dormiu num hostel com mais 20 pessoas no quarto para conseguir tirar essa foto lá em frente. Claro que eu já postei muitas fotos minhas no Facebook e claro que eu sempre fico em hostel, mas tem gente que faz uma viagem mal feita de baixo custo parecer uma temporada de glamour! Pra quê, gente?

3- Não tem nada para ver/fazer

Muito cuidado antes de aceitar uma dica de viagem! Se você não conhece o perfil da pessoa e se conhece e sabe que os gostos não batem com os seus, nunca, jamais, em hipótese alguma aceite dicas! Meu exemplo clássico é quando fui pra Bruxelas e me falaram que “ah, a cidade é pequena e não tem nada para ver… um dia é mais do que suficiente!” Em um dia eu não consegui ver tudo que queria e com certeza poderia ter ficado pelo menos uns dois por lá. E assim, mais uma vez voltamos àquelas pessoas que viajam só para tirar foto e eu estou me repetindo.

4- Dez países em cinco dias

Viagem de qualidade pra quê? Conhecer um pouco melhor a cidade e a cultura por quê? Bora aproveitar ao máximo, viajar para 15 países em 5 dias, bater muitas fotos, postar no Facebook pra mostrar pra todo mundo como eu tô bem aqui na Europa. *sigh*

5- Não ter bom senso ao se hospedar em hostel

Tem gente dormindo e é madrugada? Não fale alto e não acenda a luz. Usou a cozinha? Lave os pratos e talheres. Tomou banho? Deixe o banheiro pelo menos “ok” para o próximo. Já passou das 22h e tem quartos próximos de onde você está? Fale baixo. Não sabe se comportar num lugar compartilhado? Reserve um quarto só seu.