Praga, República Tcheca III

Em nosso último dia em Praga, decidimos “pegar mais leve”. Já era o 9º dia viajando e o cansaço vinha chegando para lembrar que eu não tenho mais 20 anos!

Como já havíamos visitado Malá Strana, o distrito do castelo, e também quase toda a parte turística de Old Town e região, fomos fazendo alguns passeios mais leves. Primeiro fomos a Praça Wenceslau, a praça mais importante da cidade.

dscf5110

Voltamos a Old Town e entramos na igreja Tyn, que é bem peculiar, já que ela está atrás de outros prédios e, na verdade, precisamos passar por um restaurante italiano e um corredor para ter acesso a entrada.

Tyn
Tyn

Se vocês prestarem atenção, uma das torres é mais larga que a outra e imagino que essa imagem deva ser horrível para alguém que tenha TOC! A justificativa é que uma representa o homem e a outra, a mulher. A entrada é gratuita, mas eles pedem alguma doação para ajudar com os trabalhos da igreja.

Por dentro
Por dentro

Seguimos andando e visitamos uma atração talvez ignorada pela maioria dos turistas, o Parque Letna. O parque em si não tem nada de especial, mas a vista que se tem de lá vale a pena a visita, além de ser um passeio gostoso para relaxar um pouco daquele ritmo meio acelerado de viagem. E nós já estávamos bem cansados!

As pontes de Praga vistas do Parque Letna
As pontes de Praga vistas do Parque Letna

Um passeio que deixamos de fazer por motivos apenas financeiros foi visitar o Museu Judeu, que inclui o cemitério e pode ou não incluir a Sinagoga Velha Nova (sim, este é o nome da sinagoga), que é a mais antiga da Europa. Eu adoraria ter visitado, mas já estávamos sem dinheiro a essa altura da viagem e o ticket custa cerca de 13 euros. Sinceramente, soubera eu antes disso que teria deixado de visitar a sinagoga de Budapeste e visitaria o complexo judeu de Praga. Acho que teria valido muito mais a pena! 😦

Chegada a hora de retornar ao hostel para pegar as mochilas e seguir para o aeroporto, não pude resistir e comer mais um trdelník. Este doce é muito, mas muito amor!

Nhom nhom
Nhom nhom

É muito fácil ir para o aeroporto de transporte público e há mais de uma opção, o que também facilita muito. Apesar de estar chovendo no momento que voltamos, a viagem foi bem tranquila. E o aeroporto de Praga é o mais legal que já vi, afinal, já foram em algum aeroporto com jogo de xadrez gigante? Acho que não, né? 🙂

20160524_181154

Considerações finais

Praga é uma das cidades mais lindas que já visitei, mas também uma das mais turísticas. Claro que eu também sou turista, a questão não é essa, mas não me lembro de ver tantos turistas numa cidade antes e pelas atrações e preços cobrados, me fez ter a impressão que a cidade é muito montada para turismo mesmo. Não me iludo, se vou a destinos conhecidos, eu sei bem que muita coisa só é como é para receber os turistas, mas em Praga essa sensação ficou bem mais forte.

Uma coisa que me chamou muito a atenção é que várias lojinhas vendiam todo tipo de artigo relacionado a maconha e produtos feitos a partir dela, como chocolates. Fui checar com locais e também com o Google, e por incrível que pareça, maconha não é legalizada no país e todas as comidas que dizem ter maconha em sua composição, realmente têm, mas em quantidades muitíssimo pequenas. Eu comprei os tais chocolates com maconha e o gosto não é diferente em nada. Vale pesquisar bastante antes de comprar, pois os preços variam muito de loja para loja.

A República Tcheca é conhecida por sua cerveja e nós experimentamos algumas. A que mais gostei é uma chamada Kozel. Reza a lenda que se visitar o país e não beber da cerveja, você jamais esteve lá!

Na cidade você verá várias placas indicando banheiros públicos, mas são todos pagos! O local mais barato para usar o banheiro é no térreo da Torre do Relógio Astronômico, onde fica o Centro de Informações ao Turista. Custa em torno de 3 coroas, apenas uns 8 centavos de euro. Há também vários bebedouros espalhados pela cidade e a água é limpinha, pode encher a garrafinha com a consciência tranquila. 🙂

E assim acabou a viagem a parte do Leste Europeu, que eu não poderia ter adorado mais e não posso deixar de recomendar. 🙂

Praga é só amor!
Praga é só amor!

Anúncios

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s