Um dia em Rovaniemi

Você sabia que Papai Noel mora na Lapônia, mais precisamente numa cidade finlandesa chamada Rovaniemi?

Eu tinha uma noção que o velhinho morava por aqui, mas não que era tão perto. Quando o Rick disse que vinha me visitar, sabendo que Oulu não é assim exatamente turística e que eu nunca tinha ido em Rovaniemi, sugeri que nós déssemos um pulinho lá, por que não?

O sol tentando existir em Rovaniemi
O sol tentando existir em Rovaniemi

Conseguimos comprar passagem por 2 euros ida e volta na única empresa low cost desse país e 3h depois, chegamos na cidade mais ao norte que eu já estive. Claro que tudo lá gira em torno do Papai Noel e basicamente, este é um dos motivos que os turistas vão para lá.

Como chegamos no centro, ficamos um pouco perdidos até acharmos a rua principal de onde saía o ônibus pra vila do Papai Noel. E é claro que saía ônibus a cada eternidade e como perdemos o que havia saído 15 minutos antes, tínhamos quase 2h até o próximo chegar. Almoçamos, zanzamos, perdemos a noção do que é ser adulto e concluímos que ninguém é maduro quando cai a primeira neve.

Putz, quem é essa tonta escalando um morro de neve?
Putz, quem é essa tonta escalando um morro de neve?

Quando finalmente chegamos na Vila do Papai Noel, tudo era tão legal, bem feito e bonito que a gente só queria saber de tirar foto! Foto ali, foto aqui, foto acolá.

20160213_151927
O escritório do Noel

A vila do Papai Noel fica no círculo polar ártico, exatamente onde passa aquela linha imaginária e assim que entramos lá, somos recebidos com este lembrete no chão, afinal, não basta ser o Papai Noel, seu escritório precisa ser no círculo polar.

Tá aí a prova que estive no círculo polar!
Tá aí a prova que estive no círculo polar!

Para entrar na vila não se paga nada, para fazer todo o resto, você precisa vender seus órgãos gastar um bom dinheiro. Absolutamente tudo é pago e bem cobrado, isso levando em consideração que a Finlândia já não é um local barato e o Papai Noel ainda consegue dar um novo significado a palavra caro. Vai ver que é assim que ele consegue presentear todas as criancinhas do mundo cristão, não é mesmo? Não.

Pior que eu deixei de acreditar nesta entidade quando eu tinha 11 anos (sim, me julguem, mas eu acreditei nele até os 11) e só agora, aos 20 e muitos anos, percebi que era mentira que ele é mentira! Na vila dele tem até correio pra onde crianças do mundo inteiro, de fato, mandam cartas! E digo mais, havia elfas trabalhando lá e eu até mandei postais direto do lugar onde Papai Noel trabalha!

Reparem nos envelopes! Vieram do Brasil mesmo!
Reparem nos envelopes! Vieram do Brasil mesmo!

Dizem que é tudo uma lenda, que tudo surgiu com boatos. O vídeo (em inglês) aqui embaixo conta essa fofoca toda, mas eles certamente não contavam que, na verdade, ele existe sim! Eu vi!

E ele está lá o ano inteiro, exceto no Natal, pois é quando sai para entregar os presentes, claro. Visitá-lo no fim do ano pode ser complicado, pois é quando todos lembram que ele existe e resolvem conhecê-lo, mas como fomos em fevereiro, pouco depois das festas, estava tudo muito tranquilo e sem filas. Depois de andar e tirar muitas fotos na vila coberta de neve e mandar nossos postais direto do correio dele, finalmente entramos em seu escritório. O lugar é muito bonito e fomos recebidos na porta de sua sala por um de seus elfos que não falava muito português, mas se virava no espanhol. Esperamos apenas 5 minutos, pois havia apenas um grupo e um casal na nossa frente. E sabe qual é a maior vantagem? Por ser baixa temporada, assim digamos, ele conversou com a gente por longos 5 minutos!

É claro que o bom velhinho não cobra nada para nos receber, seria um absurdo, não é? Mas não podemos tirar foto com ele com nossos celulares ou câmeras. A equipe de elfos faz todo o serviço e tiram fotos profissionais do momento, além de, é claro, gravar tudo. E confesso que o velhinho foi bem simpático, até contou umas piadas e me deu “bom dia” na minha língua. Passado o momento mágico, em seguida vem o momento crítico: você foi até o círculo polar ártico, chegou na vila, entrou no escritório e conversou com ele. É muito provável que você queria o registro da ocasião, afinal, não é todo dia que você encontra com um homem vestido de Papai Noel, não é? Pois para ter acesso as fotos e vídeo online – pois eles não te dão cópia física de nada – você só precisa desembolsar 40 euros ou 180 reais na cotação do euro dessa semana. Como éramos 4, Rick, minhas duas flatmates e eu, dividimos o valor e cada um de nós voltou para casa aquele dia com o bolso um pouco mais leve, mas os sonhos muito mais mágicos. Os sonhos podem custar caro às vezes. 🙂

O Rick fez um vídeo dos seus dias aqui em Oulu, e a partir de 4:17 você pode ver Rovaniemi e um pouco do nosso momento com o Noel – a de cabelo mais lambido sou eu. Mas vale a pena ver o vídeo todo para entender como é morar em Oulu no inverno – já que eu não tomo vergonha pra fazer isso, agradeçam o Rick pelo vlog! 🙂

Depois da visita, resolvemos ignorar que a infância ficou nos anos 90 e nos divertimos até não poder mais sledging com as crianças! Lembrem-se: neve cai, maturidade some.

Eba!
Eba!

Voltamos ao centro de Rovaniemi, onde pegamos nosso ônibus de volta a Oulu com a certeza que, sim, Papai Noel existe e fomos enganados a adolescência e a fase adulta inteirinhas com a mentira que ele é uma mentira! Adultos são muito inocentes, gente.

Anúncios

7 comentários sobre “Um dia em Rovaniemi

  1. Se eu soubesse que iria ver o Santa, podia ter pedido para você cobrar o presente que ele não me deu no Natal de 97…. lembro-me claramente de ter sido um bom garoto durante o ano e, portanto, merecedor de um bom presente.

    Esse velhinho enganador…

  2. Foi apenas da parte que saiu na foto ou a seção de cartas brasileiras era maior do que as outras mesmo?
    Agora QUARENTA EUROS??? Dá pra comprar muito presente e bancar o Papai Noel com isso, gente, hahahaha!

    1. Bia

      Tinha outros países cheio de cartas também, mas realmente havia bastante do Brasil.
      Eu achei um absurdo o valor, mas aqui é Finlândia, né? Sua definições de “caro” são atualizadas.

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s