Nunca é tarde para aprender

Eu aprendi a nadar aos 24 anos, meu exemplo clássico de como a gente sempre pode continuar aprendendo. Não que 24 seja uma idade muito avançada para aprender a nadar, mas convenhamos que eu já não tinha mais a coragem de uma criança.

Semana 32 – Ainda vou aprender…

1- Francês

Falar duas línguas é pouco! Ainda vou aprender a falar francês, nem que seja para fins de doutorado (e como eu não tenho nem mestrado ainda, tenho tempo).

2- Tocar violão

Acho frustrante não saber tocar nenhum instrumento. Aprender algo que não temos nem noção é uma forma maravilhosa de usar nosso corpo e cérebro de formas nunca antes imaginadas. Eu me surpreendo com o kung fu a cada aula, por exemplo.

3- Andar de patins

Já tentei, mas acho muito difícil. Seria um ótimo desafio para corpo e mente.

4- Falar com estranhos

Eu não sou do tipo que puxa papo com estranhos porque acho que se eles não estão falando comigo, é porque não querem conversar – o que sei que não é necessariamente verdade. Claro que me refiro a falar com estranhos em contextos específicos, como em viagens, por exemplo. Continuo não querendo falar com estranhos em filas e em pontos de ônibus.

5- Editar vídeos

Just because e porque eu não consegui pensar em um 5º item. Seria legal saber editar vídeos para alguma eventualidade.

Anúncios

Um comentário sobre “Nunca é tarde para aprender

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s