Não sinto saudade

O tema desta semana era justamente o oposto, mas como já falei das minhas saudades, achei melhor falar agora de tudo aquilo que não me faz falta.

Semana 18 – Não sinto saudade

1- Frio
Alguém aí ficou surpreso? Eu definitivamente não sinto falta do frio e passei a valorizar muito mais o calorzinho na vida pós-Irlanda. Aliás, eu não havia passado frio de verdade desde o fim do inverno irlandês, lá por meados de maio do ano passado (vamos combinar que não faz frio em São Paulo), até ir para a Argentina e enfrentar 3 graus na primeira noite e um domingo com máxima de 9 graus, porém com chuva e MUITO vento e vou contar que fiquei MUITO feliz de morar numa São Paulo que chega a fazer 30 graus num dia de inverno (temperatura que fazia no dia que viajei a Argentina).

2- Marcas do mercado
Saudade zero de comprar essencialmente as marcas do mercado porque são mais em conta e eventualmente me dar ao luxo de comprar algo melhor. Aqui eu vou ao mercado e compro o que ~gosto~, não o mais barato.

3- Transporte público caro
Não que eu ache que uma tarifa de 3 reais seja barata, mas aqui com a integração eu posso cruzar a cidade gastando só isso e pegando até 4 ônibus. Na Irlanda, o mais barato que se paga é 1,80 euros ou uns 5,60 na cotação atual. Estudante não paga meia como aqui, precisa comprar o Student Ticket que custa 100 euros e é válido por 30 dias não-consecutivos, ou seja, no dia que usar se desconta 3,33 euros ou 10,50 reais. Oi?!

4- Mimimi de brasileiro
Aquele mimimi de alugar vaga e querer saber quantos brasileiros moram na casa ou quando você que está procurando te barrarem por você ser brasileiro. Ou o mimimi de esnobar quem paga um aluguel mais em conta num lugar melhor. Ou o mimimi de arranjar vaga de emprego mediante pagamento. Ou o mimimi de querer vender até a mãe (ou camisinha de posto de saúde, como já vi) pra conseguir uns trocados. Enfim, todos os mimimis que quando eu penso em morar em Dublin de novo, já me canso só de lembrar.

5- Ouvir português
Sair na rua e ouvir português em toda esquina não estando no Brasil. Dublin é aquela cidade que se você resolve fazer comentários maldosos em português porque ninguém está te entendendo mesmo, você pode ser dar mal, muito mal.

Anúncios

4 comentários sobre “Não sinto saudade

    1. Bia

      What? Eu tô adorando esse inverno paulistano que só faz um friozinho de manhã e à noite, de dia tá dando pra sair de camiseta! ❤

  1. Ai Bia, realmente, também não aguento esse mimimi de brasileiro, é um saco! Sobre ouvir português, não me incomodo tanto porque na mesma proporção ouço espanhol e outras línguas, então acostumei com a característica multicultural da cidade.
    Sobre o frio, cê sabe que eu adoro, né? Nos dias quentes aqui (já faz mais de mês) fico muito mal-humorada, principalmente quanto tá abafado e não tem uma brisa!

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s