Amnesia

Eu comecei a escrever neste blog por dois motivos. O primeiro, como já comentei por aqui, é porque gosto de escrever e queria ter um registro do meu ano de intercâmbio, o que me leva ao segundo motivo: eu não queria esquecer.

Eu sou daquelas que leio um livro ou vejo um filme e um tempo depois meio que me esqueço, sabe? Claro, os meus favoritos eu conservo melhor na memória, mas essencialmente porque eu vi o tal filme mais de uma vez e li o resumo do tal livro que já li para refrescar a memória.

É estranho admitir isso, mas eu me apego ao passado. Isso explica o motivo de eu não querer jogar fora meus cadernos da 1ª série, cadernos que hoje já chegam ao seu 20º ano de existência, nem me livrar do que chamo de “souvernirs de viagem”: mapas, tickets de atração, bilhetes de metrô e afins. Eu raramente vou pegar estes objetos, mas quando os pegar, sei que vou olhar para tudo com carinho e lembrar das épocas que os usei e eu sinto uma nostalgia gostosa, aquela vontade de voltar no tempo e viver tudo de novo, mas na impossibilidade de fazê-lo, fico feliz porque aconteceram. Os objetos me ajudam a lembrar.

E acreditem, eu já reli posts deste blog de coisas que eu havia me esquecido que aconteceram! O meu antigo blog sobre a vida de au pair, apesar de ser escrito bem nas coxas, me deixou com sorrisos no rosto nas duas ou três vezes que resolvi lê-lo por inteiro. Só que mesmo mantendo um blog, eu acabo me esquecendo de coisas e isso me chateia um pouco.

Alguns dias eu não consigo me lembrar de nomes de ruas ou lugares lá de Dublin e tem só 6 meses que voltei. Estes dias não conseguia me lembrar do nome de uma rua próxima a casa que morei e tive que recorrer ao Google. Foi chato, sabe? Também não lembrava como se escrevia Dundrum! Mas isso também acontecia com coisas do Brasil – muitas vezes não lembrava de nomes de ruas, de estações de metrô e uma vez esqueci até o CEP da minha casa!

A vontade é de não esquecer nem um minuto de todas as viagens que fiz, mas não dá. Felizmente para ajudar a memória, tenho muitas fotos e este blog. 🙂

Anúncios

3 comentários sobre “Amnesia

  1. E esse é um dos motivos pelos quais tenho blog, Bia – também esqueço de livros, filmes, coisas que aconteceram. Acho que, pelo fato de estarmos expostos cada vez mais a mais informações, é normal que o cérebro “dê pau” de vez em quando. Mas sério que você não lembrava o nome da rua, poxaaaa?

  2. rickmartins

    POr isso que tenho o blog, pra ficar relendo. OUtras pessoas lerem ele é só um detalhe. Ontem mesmo eu fiquei vendo tudo que já escrevi nele.. gente, muita coisa mudou, minha escrita evoluiu..muito diferente!

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s