Amsterdã, Holanda II

O que te vem à cabeça quando pensa em Amsterdã? Isso mesmo, o Museu da Anne Frank! 😉

Já comentei aqui no blog que a Segunda Guerra é um tema que gosto bastante. Já vi muitos filmes e documentários e li livros sobre o tema. Um dos livros que li (umas 4 vezes) foi O Diário de Anne Frank e confesso que era o que mais queria ver na bela Amsterdã.

O walking tour terminou quase em frente ao museu, mas como a fila estava grande, decidi ir ao Rijksmuseum, que é o museu de história e arte da cidade, e deixar a visita para o dia seguinte.

Rijksmuseum
Rijksmuseum

Ao lado dele, fica o museu Van Gogh e em ambos a entrada custa 15 euros. Gosto de museus, mas visitar dois em seguida me deixaria mentalmente cansada (mais alguém fica assim?) e decidi entrar apenas no Van Gogh.

Admito que não sabia muito sobre o pintor, mas enfim, na minha casa, por muito tempo, tivemos três “réplicas” de suas pinturas e já havia visto vários quadros pintados por ele. O museu conta a trajetória do pintor que até os 27 anos nunca havia pintado profissionalmente e tampouco possuía uma habilidade natural para a pintura, sendo que precisou estudar e se empenhar para suprir a “falta de dom”. Parênteses. Isso me fez pensar em duas coisas: motivação é alma do aprendizado, ou seja, a galera que vem para a Irlanda aprender inglês e culpa o excesso de brasileiros pelo não aprendizado, por exemplo, só está tentando se enganar. Segundo, nunca é tarde demais para tentar algo diferente. E isso serve para mim, que às vezes penso que já estou meio velha para isso ou tentar aquilo, e eu só (?) tenho um quarto de século de vida. Fecha parênteses. Claro, para quem não sabe, Van Gogh faleceu como um zé ninguém e vendeu apenas um quadro em vida. Tá, na verdade, ele se suicidou. Mas só levem em consideração a parte motivacional da história. Agora, chega de falar asneira.

No museu, além de várias obras expostas, há também estudos dos quadros do pintor. Algumas obra passaram por raio-x e revelaram que Van Gogh tinha o hábito de pintar em cima de outras pinturas já feitas ou mostram como as pinturas desbotaram e as cores mudaram com o tempo.

Lembro de já ter utilizado esta pintura numa aula de inglês.
Lembro de já ter utilizado esta pintura numa aula de inglês

Perto do museu fica o famoso cartão postal da cidade, aquelas disputadíssimas letras…

"Pqp, quanto robert na minha foto!"
“PQP, quanto robert na minha foto!”

Tirar foto estilo turista aí em frente é difícil. Ou você ignora as milhares de crianças pulando, os adolescentes enchendo o saco e os vovôs que ficam parados em frente porque, sei lá, deu vontade ou não tira foto. Pelo menos, no dia que fui estava assim.

Depois da foto, da visita ao museu e das 3h de walking tour eu já estava super cansada, mas Europa na primavera-quase-verão é luz solar até às 21h30, chegando até às 23h entre junho e julho, logo, eu ainda poderia aproveitar um pouco e esquecer do cansaço. Perto dos museus fica o Vondelpark e resolvi entrar e sentar um pouco, obervando as pessoas passeando, sentadas na grama, conversando, andando deb bicicleta… E fiquei uns bons minutos lá pensando na vida, naquele momento de autorreflexão nosso de cada dia.

Vondelpark
Vondelpark

Fiz meu caminho de volta para o hostel, bravamente me desviando das bicicletas e cruzando os trilhos de bondinho sem ser atingida (falarei disso tudo com mais detalhes). Descansei um pouco, mas ainda eram 19h e o sol estava me chamando para sair novamente. Desta vez, fui conhecer  famosa Red Light, mas isto fica para o próximo post.

Ahhh, Amsterdã!
Ahhh, Amsterdã!
Anúncios

2 comentários sobre “Amsterdã, Holanda II

  1. Van Gogh! Com certeza vou nesse museu.

    Sobre ficar cansada de visitar dois museus no mesmo dia: sim. Vimos em Liverpool, né? Eu também fico esgotada. O esquema é balancear museu com coisas mais light no dia, senão o corpo e a mente não aguentam….

    ps: brasileiros que culpam brasileiros por não melhorar o inglês aqui na Irlanda: preguiça dessas pessoas.

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s