The Cure

Poderia dizer que nasci na época errada, mas como nasci nos anos 80, então, nasci na época musical certa, sim. Apenas não fui tão musicalmente feliz ao ter vivido minha adolescência nos anos 2000, talvez. Felizmente, fiz amigos que me apresentaram muito do que gosto ainda hoje. Sim, porque se dependesse da influência musical recebida em casa, hoje em dia eu curtiria um sertanejo universitário, julgando pelo tanto de Zezé di Camargo e Luciano, Leandro e Leonardo e Chitãozinho e Xororó que ouvi. Nada contra, apenas não gosto. Só Raul se salvava nos LPs de meu pai.

Em 2012, Morrissey tocou em São Paulo. Fui ao delírio! Até hoje me lembro de como foi bom ouvir Alma matters e There is a light that never goes out ao vivo. Só me arrependi de uma coisa: não ter pago para ficar na área VIP!

Aí Roger Waters também quis ir para o Brasil e vi The Wall. Bem, ouvi mais do que vi, já que essa é a sina de baixinhas que ficam na pista.

Irlanda, 2013.
Checando o Facebook vejo a divulgação da página oficial do The Cure sobre a volta da banda a América do Sul depois de 17 anos. Alimentei dentro de mim o desejo egoísta de o Brasil não estar incluso no tour. Franzi as sobrancelhas. Dei um suspiro. Eh, Brasil, você estava incluso. Pensei na ironia do destino de eu estar na Europa e uma banda da Inglaterra, que fica aqui do lado, ir ao Brasil quando a sul-americana aqui não estará por lá. Fato que eles estiveram em solo irlandês em setembro do ano passado, mas o destino estava contra mim. Primeiro que o local do show era uma cidade a mais de 1h de Dublin (pensando no tamanho desta ilha, 1h é longe!) e segundo que não era um show da banda, mas um festival de música. Eu teria que comprar ingresso para os 3 dias de festival para ver apenas um show. Não lembro bem valores, mas era algo completamente fora da minha realidade na época (um mês e pouco de Irlanda e acabado de começar no trabalho).

Ahhh The Cure! Que trolada!

Agora vocês entendem quem nem tudo são flores num intercâmbio?

"I've been looking so long at these pictures of you that I almost believe that they're real"... but they're not! :(
“I’ve been looking so long at these pictures of you that I almost believe that they’re real”… but they’re not! 😦

A venda de ingressos começa amanhã. Enjoy it! ¬¬

Anúncios

7 comentários sobre “The Cure

  1. rickmartins

    Tô passando o oposto….em agosto do ano passado fui ver Maroon 5 no Brasil e paguei R$ 280,00 no ingresso….fora gasto de viagem e tal…. Eles estarão aqui em março, por só E 39,00.

    Vou de novo?!

  2. Cely

    Bia,
    Girls don’t cry!!!!
    : P

    Está cheio de show por aí!!!! Como estarei aí em Maio, comprei o do Eric Cpapton!

    Rick,

    Eu não pensaria duas vezes!

    Bjs

  3. Meeeeeeeeu!

    Eu tava no Morrisey em 2012! E eu tava na área VIP! hahahaha
    Gravei até uns vídeos: http://www.youtube.com/watch?v=77aWorEFLxw e http://www.youtube.com/watch?v=9QIl_I0gDb8

    ps: tô esperando muito conseguir ver John Mayer e Laura Pausini na Europa. Se bem que a Laura vem sempre pra cá e já fui em dois shows, mas ver na Itália seria outra coisa, né?! 😉
    ps2: eu também queria ter vivido a adolescência nos anos 80…..

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s