I was looking for a job…

… and then I found a job, já cantaria Morrissey com The Smiths.

Isso mesmo, leitores, eu estou trabalhando aqui na terra dos leprechauns!

Depois que passei por toda a burocracia de legalizar meu status de estudante aqui na Irlanda, comecei timidamente a procurar emprego. Cada um joga com as cartas que tem, e como eu tenho muita experiência trabalhando com criança, fui tentar a vida de au pair/childminder/babá por aqui também.

Eu tenho conta no Au Pair World  desde bem antes de vir para a Irlanda e até havia feito uma entrevista via Skype com uma família irlandesa ainda no Brasil. A família gostou muito de mim, mas como precisariam de alguém para trabalhar o dia todo, não pude aceitar a proposta.

Seguindo a vida aqui na Irlanda, tentei outros contatos pelo site. Mas o problema é que para cada família que se inscreve, tem 10 meninas procurando emprego. Aí você pensa “Bia, você já foi au pair, tem muita experiência, se destaca no site em relação as outras meninas”. Mas não, simplesmente porque quem não tem experiência, diz que tem e assim, no fim das contas, fica todo mundo no mesmo barco. Eu tenho experiência de verdade com crianças, mas todas as outras que não têm, vão colocar lá que cuidaram de um primo, um vizinho etc e suas chances de conseguir uma entrevista serão iguais às minhas!

Foi quando descobri o GumTree, um site que serve tanto para procurar como para anunciar vagas de emprego, dentre outras coisas. Criei um perfil e fiz um anúncio bem específico sobre o tipo de vaga que eu estava procurando. Acho isso muito importante, pois assim nem você nem a família perdem tempo. No caso, deixei claro que só poderia trabalhar de tarde (porque de manhã vou para a aula) e que estava procurando uma posição live out, ou seja, que não queria morar com a família. Fora isso, antes de responder anúncios de famílias, eu checava a região onde eles moravam e via no Google se não era muito longe da minha casa ou se era possível ir de transporte público facilmente. Tem meninas que nem leem o anúncio e entram em contato. Besteira! Do que adianta a família marcar uma entrevista se as expectativas de ambos não corresponderem?

Feito isto, depois de um contato ali e aqui, uma família marcou uma entrevista comigo. Fui até a casa deles morrendo de medo de que um velho tarado abrisse a porta (eu sou só um pouquinho desconfiada), mas não é que se tratava de uma família irlandesa mesmo?

Conversamos por 15 minutos, a mãe disse que entrevistaria outras duas meninas e retornaria no dia seguinte. Não retornou. Desencanei. Dois dias depois, ela me mandou um email perguntando se eu ainda estava disponível e pedindo para eu ir trabalhar já na semana seguinte. Aceitei e agora trabalho 12h por semana “cuidando” de duas meninas.

Recomendo MUITO o site GumTree para procurar emprego, não só de au pair, mas basicamente, qualquer coisa. Indiquei o site para alguns amigos e alguns já estão trabalhando em vagas que acharam lá!

Num próximo post contarei como é a vida de uma au pair aqui na terra dos leprechauns!

Anúncios

Um comentário sobre “I was looking for a job…

Preciso comentar esse post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s